10.11.12

Sabadão

Vim me curar na casa da mãe, no colo do filho.
Final de semana de (mais) vestibular, de casamento e velório na família.
Pensar no ciclo da vida, nas perdas e ganhos que o tempo traz.

Cortei meu cabelo.

7 comentários:

REINVENTANDO disse...

Olá Ana!! Espero que junto de sua família, possa se curar das dores físicas e das coisas que lhe aflige. Abraços. Sandra

Ana Pereira disse...

Ana querida!

O apoio da família nesses momentos é muito bom!
Que vc consiga se recuperar rápido!
Fica com Deus e ótima semana!

Bj, Ana

Lucélia Mendes disse...

Bom dia minha amiga... nossa que fim de semana puxadinho mesmo! Mas nada melhor que o tempo né para nos confortar!
Bejim, firmeza ai viu!

http://papodemulheremaisumpouco.blogspot.com.br/

Ju disse...

Nessas horas nada melhor do que ficar quietinha, colocando os pensamentos e as emoçoes no lugar...
Bjooo

O Árabe disse...

É um ciclo, sim, Ana; o desafio é crescer com ele. Boa semana; fica bem!

Marcia disse...

Nada como ficar com a família, a gente recarrega as baterias! O meu desafio é do site www.saboridades.net
Bjs

Benno disse...

Estou entrando de férias esta semana. A partir da quinta :) Vou ler de montão.

Espero que esteja melhor da dor.

Sócrates nunca escreveu nada, mas sabemos da vida dele através de seus discípulos, Platão e Xenofonte e, além disso, Aristófanes representou-o de forma cômica na comédia As nuvens.

Ele dizia não saber nada, no sentido de ser cético, de duvidar da opinião superficial. Uma lição que sempre trago comigo. Por exemplo, outro dia ouvi alguém falar que usar copos descartáveis era pior para o ambiente do que copos de vidro. Mas o copo deve ser lavado. Será que o detergente degrada mais o ambiente que o copo de plático? Esta pergunta, um pouco mais profunda, não é tão fácil de ser respondida. O plástico fica para sempre, a natureza não o pode degradar mas não reage com a natureza. Por outro lado, o detergente causa estragos muito maiores, atacando peixes e plantas, pois é reativo.

Nenhum conhecimento é conhecimento se não tiver antes passado pelo crivo da dúvida.

Beijos