10.10.06

Atrevida

(Ivan Lins / Vitor Martins)

Estou mais atrevida
Mordaz e ferina
Estou cheia de vida
Sagaz e ladina
Já não sou mais a mesma
Respiro outros ares
Navego outros mares
São tantos olhares
Convites, sorrisos
Eu gosto, eu preciso, pois é...
Que ficou impossível não ver
Mudei de você
Por isso me esqueça...
Virei a cabeça
Nas noites mal dormidas
Rezava seu nome
Olhava na janela
Chorava seu nome
Mexia em sua roupa
Gemia seu nome
Morria de sede
Subia as paredes
Me amava sozinha
Você não me vinha, pois é...
Que ficou impossível não ver
Mudei de você
Já não me inicia
Já não me arrepia
Estou mais atrevida
To cheia de vida
Você não me provoca
Nem quando me toca
Agora eu tenho é fome
De homem que seja feliz

9 comentários:

DO disse...

Ivan Lins é o que há,Ana...
Beijos e um otimo dia a vc

Ordisi disse...

Faminta, Carlinha?

:)

Beijos.

Márcia(clarinha) disse...

De felicidade estamos sempre com fome ;)
Linda noite flor
beijossssssssssss

Valéria disse...

é...fome... fome...
beijo querida... ando sumida pela correria

Lili disse...

Quando encontrar, me passa o telefone? Um beijo e ótimo feriado!
Volto segunda.

Claudinha disse...

Hummm, está perigosa Ana! Quando encontrá-lo, guarde em segredo, viva em delírios, cante em silêncios, durma nas nuvens e seja feliz com este homem feliz...
Um beijão!

Marilyn disse...

Não conheço a música, mas deixo meu beijo!

Sheherazade disse...

É isso aí, Ana: Um homem que SEJA feliz, não um que nos encarregue de fazê-lo assim, porque aí já é muita "responsa",né não?
Fico torcendo pra que o encontres, de preferência, neste findi (quem sabe?)

Beijossssssssss

Marco Santos disse...

E você logo conseguirá saciar esse apetite. Tenho certeza.
Beijos procê.