7.12.12

Compulsão

Peguei a imagem em:aluanua.blogspot.com


Algumas perguntas que andam martelando minha cabeça:

- Alguém já percebeu que é comum quem sofre de compulsão alimentar também ter dificuldade para controlar as finanças (acaba gastando mais do que pode)?

- Por que será que eu, mesmo consciente de que isso poderia acontecer, troquei o vício do cigarro pelo da comida, no lugar de me viciar em praticar exercícios físicos?

- Alguém mais tem medo de fazer cirurgia bariátrica e “trocar de vício”?

5 comentários:

Ana C. disse...

na realidade a compulsão era minha válvula de escape pra outras insatisfações. Me forcei a trocar essa valvula de escape pelos exercicios (de inicio é difícil mas você tem que se dar tempo para apreciar os resultados).
Quanto a bariátrica, quando me sugeriram eu pensei em fazer, porém pensei mais no impacto que isso teria em mim emocionalmente, eu sentiria como se tivesse aberto mão e dito "eu não consigo" e me nego a usar essas palavras, vi pessoas em condições bem mais difíceis que a minha emagrecerem, o que eram 30kg?:)

Beijo Beijo

Teresinha disse...

A cirurgía bariátrica só funciona se a gente mudar de mentalidade. ¿Então porque não mudar de mentalidade e evitar a cirurgía bariátrica? Acho que antes de apelar à cirurgia bariátrica é melhor buscar a ajuda de um psicólogo ou psiquiatra, coisa que eu estou fazendo e estou vendo resultados, lento más seguro!

Claudinha ੴ disse...

Não é fácil Ana...
Só depende da boa vontade e da determinação de cada um.
Eu tenho medo de cirurgias, afinal, passei por várias, inclusive cerebral, isso é para dar medo em qualquer um né? E tente descobrir o gatilho que dispara tudo isso, vença-o, ele não pode ser mais forte que você!

Um beijo!

Benno disse...

O hábito não se constrói do dia para noite. Para se viciar em qualquer coisa, são necessários muitos anos. Você não se decidiu ficar viciada em alguma coisa, você foi se viciando aos poucos. Para trocar de vício serão preciso muitos anos. Assim como se teve que combater a repulsa natural à fumaça do cigarro, até que, após alguns anos, acabamos por gostar e ficar dependentes, o mesmo acontecerá com o exercicio fisico. Só não dá para ser do dia para noite.

Ju disse...

Também me faço essas perguntas... :-/